sábado, 3 de março de 2012

1/3 PARA ATIVIDADE EXTRACLASSE: DIREITO QUE ESTÁ SENDO NEGADO AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

Por força da Constituição Federal, nenhum governo poderia violar a Lei do Piso, Lei Federal nº 11738/2008. Pois violar lei é fato tipificado como crime e definido como ato de improbidade administrativa. A Lei do Piso Nacional prevê no § 4º, do artigo 2º, que é direito dos profissionais da educação a 1/3 da jornada para atividade extraclasse para: Planejamento, Estudo e Avaliação. TAL DIREITO FOI CONFIRMADO COMO CONSTITUCIONAL PELO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, na ADI 4167. Dar aumento ao valor do piso, DEPENDE DE INICIATIVA DE GOVERNANTES, mas cumprir 1/3 da jornada depende de iniciativa dos trabalhadores!

Primeiro, os governantes, MAS SÃO OS MAIORES VIOLADORES DE DIREITOS. Porém os servidores podem cumpri-lo, só trabalhando 2/3 da jornada com alunos e o restante nas atividades extraclasses. OS SERVIDORES NÃO PODEM, NEM DEVERIAM QUANTO A 1/3 DA JORNADA ESPERAR OUTRA INICIATIVA, SENÃO A DELES MESMOS, ATRAVÉS DO SEU SINDICATO, QUE DEVEM PROVOCAR. CUMPRIR O QUE ESTÁ NA LEI. POIS CRIME É VIOLAR A LEI, COMO SE VONTADE DE GOVERNADORES E PREFEITOS FOSSE MAIOR DO QUE UMA LEI FEDERAL JÁ JULGADA CONSTITUCIONAL.


PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DO BRASIL, É HORA DE AGIR, É HORA DE CUMPRIR A LEI, É HORA DE VOCÊS RESERVAREM 1/3 DA JORNADA PARA ATIVIDADES EXTRACLASSES, os governantes que contratem mais professores, que paguem hora extra.

Fonte: Blog do Valdecy Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário