quarta-feira, 26 de setembro de 2012

'Assim é a nossa sociedade'


Fote: Facebook

RESULTADO FINANCEIRO DA FESTA DE N. Sra. DA PIEDADE

PUBLICAMOS O RESULTADO ECONÔMICO DA FESTA DE 2012, COM SUAS ENTRADAS E SAÍDAS DURANTE O FESTEJO.

ENCONTRA-SE NA SECRETARIA DA PAROQUIA TODAS AS NOTAS E RECIBOS REFERENTE AS DESPESAS DURANTE A FESTA E DO MATERIAL QUE FOI ADQUIRIDO PARA A MESMA.  

Informações Blog da Paróquia

ESTATÍSTICAS DO ELEITORADO DE COREAÚ

O eleitorado de Coreaú segundo dados do TRE-CE no dia 25/06/2012 é de 18.390 eleitores aptos a votar, ou seja, 1.243 a mais do que em 2008, que teve 881 votos nulos, 171 votos brancos e 2.480 abstenções.


Dados RM no Foco Facebook

EM FORTALEZA MORONI, ROBERTO CLÁUDIO E ELMANO ESTÃO EMPATADOS TÉCNICAMENTE

 O instituto Vox Populi divulgou, nesta segunda-feira (24) , pesquisa de intenção de voto para a prefeitura de Fortaleza. Segundo o levantamento, encomendado pela TV Bandeirantes/Jangadeiro, os candidatos Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB) estão empatados com 20% das inteções de voto. Moroni Torgan (DEM) aparece em seguida com 17% e Heitor Férrer (PDT) com 9%.

Pela margem de erro, que é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos, Elmano de Freitas, Roberto Cláudio e Moroni Torgan estão tecnicamente empatados.
Acompanhe o resultado da Pesquisa estimulada:
Elmano de Freitas (PT) – 20%
Roberto Cláudio (PSB) -  20%
Moroni Torgan (DEM) – 17%
Heitor Férrer (PDT) – 9%
Renato Roseno (Psol) – 6%
Inácio Arruda (PCdoB) – 4%
Marcos Cals – (PSDB) – 3%
Francisco Gonzaga (PSTU) – 1%
André Ramos (PPL) – Não foi citado
Não citaram nenhum dos candidatos, branco e nulo  – 4%
Não sabe ou não respondeu – 16%
Fonte: Jangadeiro Online

RUSSOMANNO TEM 34%, HADDAD, 18%, E SERRA, 17%, DIZ IBOPE

O Ibope divulgou, nesta terça-feira (25), a quinta pesquisa de intenção de voto sobre a disputa pela Prefeitura de São Paulo após a definição dos candidatos.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo.

Em relação à pesquisa anterior, Russomanno passou de 35% para 34%, Serra foi de 19% para 17%, e Haddad, de 15% para 18%; petista e tucano estão em empate técnico.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada:
Celso Russomanno (PRB) – 34% das intenções de voto
Fernando Haddad (PT) – 18%
José Serra (PSDB) – 17%
Gabriel Chalita (PMDB) – 7%
Soninha (PPS) – 4%
Paulinho da Força (PDT) – 1%
Carlos Giannazi (PSOL) – 1%
Ana Luiza (PSTU) – não pontuou
Anaí Caproni (PCO) – não pontuou
Levy Fidelix (PRTB) – não pontuou
Eymael (PSDC) – não pontuou
Miguel (PPL) – não foi citado
Em branco ou nulo – 10%
Não sabe – 8%


A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 24 de setembro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas na cidade de São Paulo. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), sob o número SP-01138/2012.

Do G1


sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Ibope em Maracanaú – Firmo Camurça lidera

Sai pesquisa do Ibope sobre a disputa pela Prefeitura de Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza). Foi realizada nos dias 17 e 18 de setembro e ouviu 301 eleitores. A margem de erro é de 6 pontos percentuais. 

Estimulada
Firmo Camurça (PR) – 58%
Júlio César (PSD) – 32%
Sérgio Morais (PRTB) – 1%
Ciro Augusto Mota (PSOL) – 0%
Brancos e nulos – 4%
Não sabem ou não responderam – 4%
Espontânea
Firmo Camurça (PR) – 52%
Júlio César (PSD) – 25%
Sérgio Morais (PRTB) – 1%
Ciro Augusto (PSOL) – 0%
Brancos e nulos – 4%
Não sabem ou não responderam – 17%
Rejeição
Júlio César (PSD) – 45%
Ciro Augusto (PSOL) – 30%
Sérgio Morais (PRTB) – 29%
Firmo Camurça (PR) – 20%
Poderiam votar em todos – 5%
Não sabem ou não responderam – 6%
* A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob protocolo nº CE-00058/2012.
Fonte: Blog do Eliomar de Lima

Eleições 2012 – Situação do PSB no Interior não é boa

Essa é da Coluna Política, do O POVO, assinada pelo jornalista Érico Firmo:
Quando há alternância entre ciclos políticos no poder central, essa transição costuma se espalhar de forma mais lenta no Interior. Ao ascender ao Governo do Estado, como regra, o grupo demora um pouco a se consolidar como hegemônico também nos municípios Estado afora. O PSDB perdeu o controle do governo cearense em 2006, mas se manteve como maior partido, em número de prefeituras, na eleição de 2008.
O predomínio tucano no Interior não chegou ao fim como resultado de derrotas eleitorais, mas de manobras de bastidor. Passado o pleito de 2010, parlamentares e gestores migraram em direção ao recém-criado PSD, naquilo que o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, qualificou como “ataque especulativo da família Gomes”. Referia-se ao respaldo dado pelo clã que comanda o Palácio da Abolição às filiações em massa de ex-tucanos à nova sigla. A era PSDB chegou ao fim, mas não se estabeleceu, ainda, novo ciclo hegemônico nas prefeituras do Interior. A maioria delas apoia o Governo do Estado, é verdade. Mas sempre foi assim e é provável que sempre seja.
A questão é que, como consequência da partilha do poder estadual entre diversas forças partidárias, não se conseguiu, até agora, constituir predomínio claro de algum agrupamento. Talvez ocorra nestas eleições, mas não é o que indicam as pesquisas. Os levantamentos minimamente críveis já divulgados sobre as disputas Ceará afora indicam que, para o partido do governador Cid Gomes (PSB), as perspectivas não são as melhores.
Fonte: Blog do Eliomar de Lima

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O PRIMEIRO DEBATE DE SOBRAL


A NordesTv realizou no final da noite de ontem (18) um inédito debate entre os candidatos à prefeitura de Sobral. Com a participação de todos os quatro candidatos: Osvado Aguiar (PSOL); Veveu Arruda (PT); Dr. Guimarães (PV) e Marco Prado (PSDB). Em cinco blocos e contando com diferentes temas, foi possível o eleitorado ter uma ideia do perfil de cada um. Inicialmente a TV que convidou setores da imprensa, além de convidados VIPs, erroneamente queria colocar seus convidados em uma área “nada vip”, retificando o erro logo quando da chegada da imprensa sobralense. Mas, em se tratando do Debate que teve como mediadora, a jornalista Katiucia Rios, do lado de fora da Sede da TV, partidários dos candidatos, em sua maioria, do candidato do Partido Verde e do Partido dos Trabalhadores se manifestavam, no intervalo de aplausos e vaias, dependendo do candidato que estava com a palavra. A metodologia do Debate teve sua baixa quando da colocação de perguntas gravadas. Todos foram perguntados por qual motivo estavam sendo candidatos, além de responderem sobre assuntos que mesmo sem ser dever do gestor municipal foi tocado, como foi o caso da segurança. Deixaremos a avaliação da performance dos candidatos para os telespectadores e ao público presente, mas podemos constatar que a participação de todos os quatro candidato fortaleceu a democracia e serve para uma melhor escolha, no 07 de outubro.

Cassação do registro de Chico Antônio é mantida


Tribunal Regional Eleitoral do Ceará manteve o indeferimento do registro de candidatura de Francisco Antônio de Menezes Cristino, o Chico Antônio.

O candidato do PSB de Coreaú, Chico Antônio, havia recorrido com uns embargos de declaração e buscava reverter a decisão no próprio TRE.

Não teve jeito. O Tribunal Regional Eleitoral manteve a cassação do registro. No último dia 17 de setembro, Chico Antônio recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral, onde acredita poder reverter a decisão do regional.
Em Coreaú já se especulam nomes para substituí-lo.

A Justiça Eleitoral reconheceu ato de improbidade administrativa praticado por Chico Antônio, verbis: 

“O gestor – ao deixar de fornecer leite e óleo durante o período previsto no Programa de Atendimento aos Desnutridos e às Gestantes de Risco Nutricional –deixou de praticar, indevidamente, ato de ofício previsto no art. 11, II, da Lei de Improbidade Administrativa, além de atentar contra os princípio da administração pública de legalidade e eficiência no trato dos assuntos que lhe são afetos”.

De acordo com a Lei 9.504/97, “o candidato cujo registro esteja sub judice poderá efetuar todos os atos relativos à campanha eleitoral, inclusive utilizar o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão e ter seu nome mantido na urna eletrônica enquanto estiver sob essa condição, ficando a validade dos votos a ele atribuídos condicionada ao deferimento de seu registro por instância superior” (art. 16-A), ou seja, os votos atribuídos ao Chico Antônio só terão validade se o mesmo conseguir reverter a decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), caso contrário, os votos não terão validade.
Fonte: Sobral e Política 

Santa Quitéria - Candidatos estão empatados

A diferença do primeiro para o segundo colocado, conforme o relatório da pesquisa, é de apenas dois pontos

Dois candidatos à Prefeitura do Município de Santa Quitéria estão tecnicamente empatados, embora Fabiano Magalhães de Mesquita (Fabiano) esteja dois pontos percentuais à frente do segundo colocado, segundo o relatório do Ibope, em pesquisa realizada naquela localidade entre os dias 14 e 15 de setembro últimos, contratada pela TV Diário, uma das empresas de comunicação integrantes do Sistema Verdes Mares.

Em Santa Quitéria estão disputando a Prefeitura três candidatos: Fabiano Magalhães de Mesquita, registrado na Justiça Eleitoral como Fabiano, representando o PMDB, liderando a Coligação Unidos Por uma Santa Quitéria de Todos. O segundo nome é Tomás Antônio Albuquerque de Paula Pessoa, registrado como Tomás Figueiredo, apresentado pelo PSDB encabeçando a Coligação Santa Quitéria de Volta ao Trabalho. O terceiro é Francisco das Chagas Magalhães Mesquita, registrado como Chagas Mesquita, indicado pelo PSD à frente da Coligação Santa Quitéria No Rumo Certo.

A pesquisa do Ibope ouviu um total de 301 eleitores, maiores de 16 anos, com o objetivo de levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas a assuntos políticos e administrativos. Ela foi devidamente registrada no Tribunal Regional Eleitoral.

Números

Segundo o relatório do Ibope, na primeira parte da pesquisa, a denominada de estimulada, quando o entrevista apresenta a relação de candidatos a prefeito do Município ao eleitor e pergunta em qual deles ele votará, o resultado indica um empate técnico com ligeira vantagem de dois pontos percentuais entre o primeiro e o segundo colocados. O candidato registrado como Fabiano tem a preferência de 37% dos eleitores da cidade, seguido do postulante Tomás Figueiredo com 35%. O terceiro colocado é Chagas Mesquita com 22% das preferências do eleitorado local. Apenas 1% ficou com o nulo e branco e 4% com o não sabe ou não responderam.

Na segunda parte da pesquisa, chamada de espontânea pelo fato de os entrevistados perguntarem em quem o eleitor votaria para prefeito se a eleição fosse hoje, sem, no entanto, apresentar nomes de candidatos. Chagas Mesquita foi apontado por 18% dos entrevistados, seguido de Tomás Figueiredo com 33% das citações e Fabiano com 36%.

Rejeição

O modelo de amostragem utilizado na pesquisa é o de conglomerados em dois estágios. No primeiro estágio são selecionados os conglomerados com probabilidade proporcional ao tamanho sistemático. A medida do tamanho é a população de 16 anos ou mais residente nos setores. No segundo estágio são selecionados de cada conglomerado um número fixo de eleitores segundo cotas de variáveis.

Após os entrevistadores do Ibope perguntarem aos eleitores em quem votaria para prefeito de Santa Quitéria, tanto com a apresentação da relação de candidatos, quanto sem apresentar nomes de postulantes, foi feita uma terceira indagação que é da rejeição. O entrevistador pergunta ao eleitor em qual candidato ele "não votaria de jeito nenhum".

Nesta parte da pesquisa o líder é Tomás Figueiredo. Ele é rejeitado por 37% dos eleitores. O segundo mais rejeitado, Fabiano, tem 13 pontos percentuais a menos e ficou com 24% de rejeição. O terceiro mais rejeitado é Chagas Mesquita que ficou com 23%. Tecnicamente os dois últimos estão empatados nessa parte da pesquisa. 10% dos eleitores disseram poder votar em todos os candidatos e 12% ficaram com o não sabe ou não responderam, diz o relatório do Ibope.

49% dos eleitores do Município de Santa Quitéria estão muito interessada na campanha eleitoral deste ano. 29% responderam que têm interesse médio, 18% estão com pouco interesse, e apenas 4% responderam não ter nenhum interesse.

O intervalo de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 6 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. As entrevistas são pessoais com utilização de questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa. As entrevistas são realizadas por uma equipe de entrevistadores contratados pelo ibope, devidamente treinada para abordagem deste tipo de amostra. Há filtragem em todos os questionários após a realização das entrevistas e fiscalização em aproximadamente 20% dos questionários, segundo o relatório final da pesquisa apresentado pelo Ibope.

14% dos eleitores acham que é ótima a administração do atual prefeito Chagas Mesquita, 33% consideram-na boa, 30% dizem ser regular, 5% ruim e 12% acham que é péssima.
Fonte: www.portalcoreau.com.br

I Fórum de Discussão dos Direitos da Pessoa Idosa



A Secretaria de Assistência Social e o Centro de Referência de Assistência Social informam a toda a sociedade coreauense a cerca da realização do I Fórum de Discussão dos Direitos da Pessoa Idosa, a ser realizado no dia 20 de setembro de 2012 (quinta feira) a partir das 8:00h no Salão Paroquial, situado ao lado do prédio da previdência social.

Esta atividade tem como intuito promover a reflexão e discussão sobre a garantia e efetivação dos direitos da pessoa idosa a nível municipal, contará com dois debates: “Os Direitos da Pessoa Idosa e Qualidade de Vida na Terceira Idade” e em seguida outro que enfocará “Os Direitos Previdenciários e Acesso ao Benefício da Prestação Continuada (Amparo social)”, facilitado pelos técnicos do INSS. O mesmo é resultante dos projetos de intervenção das acadêmicas do Serviço Social Vinólia Souza e Cibelle Araújo sob a orientação da assistente social Nayana Rios.

Vale ressaltar a importância que este evento tem para o desenvolvimento da Política de Assistência Social no município de Coreaú. Aguardamos a presença de todas as pessoas interessadas em promover uma sociedade justa e igualitária. O evento será gratuito, maiores informações no CRAS Sede.
Att.,
Nayana Rios
Assistente Social - CRESS nº 4647
Contato: (85) 8885-6875
Fonte: Blog Coreauonline.blogspot.com

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

TRE - 15/09/2012 - Indeferidos 78 registros de candidaturas a prefeito e vice

TRE nega registro a 74 chapas majoritárias em todo o Estado, em respeito à Lei da Ficha Limpa
IGOR DE MELO
Avaliação de advogados é de que a Justiça Eleitoral do Ceará foi dura na aplicação da Lei da Ficha limpa

Com saldo de 78 registros de candidaturas a prefeito ou vice-prefeito indeferidos, o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) fechou o cerco contra os candidatos fichas-sujas no Estado. Ao todo, 74 chapas majoritárias estão hoje com impasse judicial e, segundo informações do Tribunal, 95% dos registros negados resultam da aplicação da Lei da Ficha Limpa, que realiza um filtro contra a corrupção.

A lei inviabiliza por oito anos candidaturas de políticos condenados pela Justiça em decisões colegiadas, cassados pela Justiça Eleitoral ou que renunciaram a cargo eletivo para evitar processo de cassação. Os candidatos indeferidos ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou as coligações podem substituir os nomes impossibilitados na disputa.

Para profissionais do ramo, a Corte foi rígida na aplicação da Lei da Ficha Limpa. Na avaliação do advogado eleitoral Irapuan Camurça, o Tribunal aplicou integralmente a lei e foi duro porque precisava ser, mantendo a coerência em suas decisões. Também advogada do ramo, Janine Adeodato Accioly enalteceu a postura da Corte pelo entendimento de afastar gestores que cometeram atos de improbidade e causaram prejuízo aos cofres públicos.

De acordo com o advogado Fernando da Escóssia, o Tribunal acertou em julgar caso a caso os recursos eleitorais. “Algumas Cortes em outros estados foram mais rápidas no julgamento, porque julgaram casos em blocos. Aqui, o TRE julgou caso a caso e garantiu a ampla defesa, evitando prejuízos”, explicou. O procurador regional eleitoral do Ceará, Márcio Torres, avalia que o TRE teve decisões vanguardistas. “Foi um saldo positivo e se espera que no âmbito do TSE essas decisões sejam mantidas em ampla maioria”, defendeu. Segundo ele, o TRE-CE registrou alto número de indeferimentos, se proporcionalmente comparado com outros estados.
 
Resultado
O julgamento dos recursos eleitorais revelou fragilidades de gestores em todo o Estado. Entre as irregularidades mais recorrentes, destacam-se a ausência de licitação e o não repasse de recursos previdenciários. Segundo Márcio Torres, o trabalho do Tribunal tem efeito pedagógico, levando os atuais e futuros gestores a não cometerem atos de improbidade e a buscarem assessorias contábeis, a fim de prevenir irregularidades. Mas, além disso, a lei resultará em pressão maior sobre os tribunais de contas, diz Torres, já que os gestores, para se manterem elegíveis, buscarão reverter qualquer irregularidade ainda nos tribunais de contas.

O quê

ENTENDA A NOTÍCIA

Ontem, o TRE concluiu o julgamento de todos os 1.081 recursos eleitorais de registros de candidatos a vereadores, prefeitos e vices, vindos das zonas eleitorais em todo o Estado. Do total, 577 foram deferidos e 504 indeferidos.
 
Candidaturas indeferidas

Acaraú
Alexandre Ferreira Gomes da Silveira (prefeito)

AmontadaFrancisco Tomé Rodrigues (vice-prefeito)

Antonina do Norte
Francisco Iteildo Roque de Araújo (prefeito)

AquirazRitelza Cabral Demétrio (prefeita)

AracatiRegina Lúcia Cardoso Barbosa (prefeita)

Aracoiaba
Maria Cleide da Silva Ribeiro Leite (prefeita)

Ararendá
Tânia Paiva Nibon Mourão e Vicente Mourão Carlos (prefeita e vice-prefeito)

ArneirozAntônio Mateus Dias (vice-prefeito)

AssaréJosé Edson da Silva (vice-prefeito)

Aurora
Francisco Carlos Macedo Tavares (prefeito)

BaixioNilton Ricarte de Alencar (prefeito)
Armando Quaresma Trigueiro (prefeito)

Banabuiú
Antônio Sales Magalhães (prefeito)

BarroquinhaAdemar Pinto Veras (prefeito)

BeberibeDaniel Queiroz Rocha (prefeito)

Boa Viagem
Fernando Antônio Vieira Assef (prefeito)

Brejo SantoSamuel Marcos Araújo Figueiredo (prefeito)

Canindé
Francisco Celso Crisóstomo Secundino (prefeito)

CedroJoão Viana de Araújo (prefeito)
Francisco Nilson Alves Diniz (prefeito)

ChoróIracy Duarte Dantas (prefeito)

ChorozinhoJosé Sinval de Carvalho Lima (prefeito)

Coreaú
Francisco Antônio de Menezes Cristino (prefeito)

General Sampaio
Raimundo Acinésio Bezerra (prefeito)
Rafael Marinho Bezerra (vice-prefeito)

Graça
Francisco das Chagas Alves e Pedro Neudo Brito (prefeito e vice-prefeito)
Maria Iraldice de Alcântara (prefeita)
Francisco Márcio Pereira da Silva (prefeito)

Granja
Hélio Fontenele Magalhães (prefeito)

GuaramirangaFrancisco Farias Neto (prefeito)

Horizonte
Manoel Gomes de Farias Neto (prefeito)

IbicuitingaFrancisco Anilton Pinheiro Maia (prefeito)

Iguatu
Aderilo Antunes Alcântara Filho (prefeito)

IpuHenrique Sávio Pereira Pontes e Diego José de Lima Carlos (prefeito e vice-prefeito)

Ipueiras
José Flávio Morais Mourão (vice-prefeito)

ItapajéJoão Batista Braga (prefeito)

Itarema
José Stênio Rios (prefeito)

JaguaretamaAriosvaldo Saldanha Saraiva (prefeito)
Afonso Cunha Saldanha (prefeito)

JaguaribaraEdvaldo Almeida Silveira (prefeito)

Jaguaruana
Roberto Barbosa Moreira (vice-prefeito)

Jijoca de Jericoacoara
Araújo Marques Ferreira (prefeito)
Cleiton Oliveira Sousa (vice-prefeito)

Lavras da Mangabeira
Francisco Reinhard Dias Ferreira (vice-prefeito)

MaranguapeAfonso Cordeiro Torquato Neto (vice-prefeito)

Marco
Ângelo Luís Leite Nóbrega (vice-prefeito)

Mauriti
Francisco Adailton Leite (vice-prefeito)

MeruocaJoão Coutinho Aguiar Neto (prefeito)

MombaçaNelson Benevides Teixeira (prefeito)

Morada Nova
Maria Auxiliadora
Damasceno Girão (vice-prefeita)
Glauber Barbosa Castro (prefeito)

Moraújo
José Juvêncio de Abreu (prefeito)

Mucambo
Wilebaldo Melo Aguiar (prefeito)

Mulungu
Francisco Cleanto Bezerra Uchôa (prefeito)

Ocara
Pedro Cândido de Oliveira (vice-prefeito)

OrósEliseu Batista Filho (vice-prefeito)

Pacajus
Auri Costa Araripe e Francisco José Cunha de Queiroz (prefeito e vice-prefeito)

Pacatuba
Renato Célio Chaves Rodrigues (prefeito)

PacotiEdson Leite Araújo (prefeito)

Palmácia
Clementino Campelo Neto (vice-prefeito)

ParacuruJosé Ribamar Barroso Baptista (prefeito)

Piquet Carneiro
Maria Neuma Bezerra das Chagas (prefeita)

Pires Ferreira
Francisco das Chagas Torres Júnior (prefeito)

Potengi
Francisco Luiz Rodrigues Mendes de Souza (prefeito)

QuixelôGilson José de Oliveira (prefeito)

QuixeramobimCirilo Antônio Pimenta Lima (prefeito)

Saboeiro
Perboyre Silva Diógenes (prefeito)

Santana do AcaraúRoberto Carlos Farias (prefeito)

Senador Pompeu
Luiz Flávio Mendes de Carvalho (prefeito)

TejuçuocaJoão da Silva Mota Filho (prefeito)

Trairi
Francisco Magno Magalhães (prefeito)

TururuRaimundo Nonato Barroso Bonfim (prefeito)

Ubajara
Grijalva Parente da Costa (prefeito)

Viçosa do CearáSilvana Maria Carneiro Fontenele (prefeita)

Fonte: Tribunal Regional Eleitoral (TRE)
Publicação: www.opovo.com.br

JUSTIÇA ELEITORAL: CEARÁ É A TERRA DA ROUBALHEIRA E O PARAÍSO DOS FICHA-SUJAS


Pelo menos 868 candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador em todo o país foram barrados com base na Lei da Ficha Limpa pelos Tribunais Regionais Eleitorais, segundo dados dos TREs e Procuradorias Regionais Eleitorais de 23 estados nas decisões da segunda instância da Justiça Eleitoral.
O número de barrados representa 0,2% do total de 481.156 candidaturas registradas no país pelo TSE. Até a sexta-feira (14), eram 450.521 registros de candidatos aptos e 30.425 inaptos, ou seja, que não cumpriram os requisitos determinados pela Justiça Eleitoral para se candidatar.
Os candidatos que tiveram o registro indeferido em primeira instância, pelo juiz eleitoral, puderam recorrer aos TREs. O prazo para o julgamento dos recursos nos tribunais estaduais terminou no dia 23 de agosto. Nesta data, todos os processos e resultados já deviam ter sido encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
Ao todo, 13 estados informaram ter julgado todos os casos de registro de candidatura. Os demais afirmaram restar poucos processos a serem analisados.
O Estado do Ceará é líder na lista dos dados de candidaturas barradas pela Lei da Ficha Limpa nos TREs. Foram indeferidos 176 registros de candidaturas para prefeito e vereador.
(Via Blog do Roberto Moreira)

PRA NÃO ESQUECER!



 
  (Do Facebook)

EXCLUSIVO! Os primeiros números da pesquisa Ibope / Diário do Nordeste dão boa vantagem para Veveu Arruda

O Blog Sobral em revista traz com exclusividade os números da pesquisa Ibope encomendada pelo jornal Diário do Nordeste sobre as intenções de votos na eleição para prefeito de Sobral.
Na pesquisa estimulada, aquela em que o entrevistador apresenta o nome dos candidatos e pergunta em qual deles o eleitor votaria, Guimarães, do PV, obteve 28% das intenções de voto; Marco Prado, do PSDB, obteve 14%; Professor Osvaldo, do PSol, ficou com 1%, enquanto que o prefeito Veveu Arruda, do PT, candidato a reeleição obteve 47% das intenções de voto. 5% disseram que votarão nulo ou branco e outros 4% ainda não sabem em quem votar.
Os entrevistadores perguntaram também em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum, para avaliar a rejeição dos candidatos. Marco Prado lidera com 45%, seguido pelo professor Osvaldo com 38%. O prefeito Veveu Arruda tem 29% e o outrora desconhecido candidato do PV, Guimarães, obteve 22% de rejeição.
Foram entrevistados 602 sobralenses entre os dias 13 e 15 de setembro. O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erro máxima é de 4% para mais ou para menos.

Fonte: Blog Sobral em Revista

Carnaúba continua entre os produtos mais exportados


Além da extração do pó para a cera, a fibra retirada da folha serve para produzir tarrafas, chapéus e bolsas
Sobral Usada para substituir o comércio de algodão no final do século XIX, a cera da carnaúba permanece até hoje entre os produtos mais exportados do Ceará, segundo o historiador Osvaldo Aguiar. O início de seu apogeu foi na década de 1920, com a descoberta de outras utilidades para a cera, e seguiu até o começo da década de 1950. Conforme Osvaldo, a carnaubeira pode ser aproveitada integralmente, o que foi feito durante muitos anos. Ele aponta que, além da extração do pó para a cera, a fibra extraída da folha serve para produzir tarrafas, escovas, cordas, chapéus, bolsas, esteiras, dentre outros produtos.

A palha da carnaubeira é utilizada para a cobertura de casas e de solos agrícolas. No Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, a planta gera emprego e renda para os trabalhadores rurais de julho a dezembro

Já a casca serve como lenha; a palha é utilizada para a cobertura de casas e de solos agrícolas; os cachos dos frutos, colhidos maduros e submetidos à secagem, são usados para a extração de óleo comestível e para a alimentação do gado; e o tronco, com duração indefinida, serve para fazer ripas e caibros usados em construções.

Ele explica que, por ser uma planta nativa, a carnaúba não necessita de adubação, agrotóxicos, ou mecanização agrícola. "Ela é representativa para o Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. E gera emprego e renda para os trabalhadores rurais de julho a dezembro, justamente os meses sem atividade na agricultura familiar em toda a região", explica.

Apogeu
Durante seu apogeu, Osvaldo explica que a produção de pó e cera era visto como uma renda extra pelas famílias mais abastadas. "Fora a agricultura de subsistência, a produção de cera servia como uma poupança da família, uma renda segura. Como a produção de café era para pagar os estudos de um filho em Fortaleza, por exemplo, a produção da carnaúba também seria utilizada dessa forma", diz. Osvaldo atenta para a primeira grande utilização da carnaúba na indústria, que foi para a fabricação de velas. A prática durou quase todo o século XIX, beneficiando, principalmente, famílias da região do Baixo Jaguaribe no Estado do Ceará.

"A produção era, e ainda é, restrita ao Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, onde são plantas nativas. No Ceará, ela nasceu no Baixo Jaguaribe, se espalhando por outros Municípios, podendo ser destacada a região de todo o Vale do Acaraú e Coreaú".

Entretanto, foi apenas a partir de 1920 que a carnaúba começou a crescer dentro do cenário moderno, sendo utilizada no polimento de assoalhos, além de matéria-prima para fabricar papel-carbono, graxa para sapatos e discos de vinil.

O professor lembra que, após 1950, a oferta já não conseguia suprir o consumo, fazendo com que a cera fosse sendo substituída por derivados do petróleo, que eram também mais baratos. "Mesmo assim, ela nunca deixou de ser utilizada, sendo considerada um artigo de luxo, e com aplicações que não podem ser substituídas por produtos inflamáveis, como em microchips, onde atuam como isolantes térmicos. Hoje, a carnaúba é utilizada em mais de 60 produtos, desde eletrônicos a cosméticos.

Investimento
Osvaldo conta que, no ano de 1935, o empresário norte-americano Hebert Jonhson, por meio de um avião-anfíbio batizado de Spirit of Carnaúba da cidade americana de Racine, foi até Fortaleza, onde pousou à beira-mar, próximo à Barra do Ceará.

A empresa Jonhson de assoalhos já usava em pequena escala a cera na linha de produtos para polimento, e o proprietário decidiu visitar o País para conhecer profundamente o produto. Dois anos depois, foi inaugurada uma fábrica de processamento de carnaúba em Fortaleza.

No ano seguinte, a companhia começou uma plantação na região do Maracanaú, doada em 1998 pelo filho do empresário para a Universidade Federal do Ceará (UFC). A universidade, então, instalou um centro de estudos no local, que tem uma área de 4.750 hectares de caatinga. A organização não-governamental Associação Caatinga, entidade voltada à recuperação e conservação desse ecossistema, também realiza um trabalho de preservação no local.

A carnaúba é a única palmeira de sua tipologia nativa do Ceará. Diferentemente de um ipê roxo e um ipê amarelo, que sem a florada não poderá ser identificada, não existe uma planta semelhante a ela na flora nativa, de acordo com o biólogo Francisco Eli Araujo Briseno Vieira, do Instituto Carnaúba.

Com as adaptações devido o clima, suas folhas são espinhentas e caule esbranquiçado. "A carnaúba nunca pode perder todas as suas folhas, pois morreria. Para poder ficar exposta ao sol, ela desenvolveu uma cera que impermeabiliza a folha, fazendo com que ela não perca liquido para o ambiente", explica Eli Araujo Vieira.

Matéria-prima usada para fabricar chapéus
Em Sobral, existem pelo menos três fábricas de chapéus feitos com a palha da carnaúba. Na atividade, os agricultores usam o acessório para se protegerem do sol forte. O extrator deve possuir habilidade e conhecimento para retirar a folhagem
Sendo encontrada, principalmente, no Distrito de Patriarca, a cultura da Carnaúba ainda é presente em diversos setores da sociedade local. De acordo com dados do Instituto Carnaúba, existem pelo menos três fábricas de chapéus feitos com a palha da carnaúba em Sobral, além de plantações à margem do Rio Acaraú.

Conforme um dos diretores do instituto, Expedito Torres, hoje há uma grande exploração da carnaúba para a extração de cera, sendo utilizada uma máquina que tritura a palha, transformando-a em adubo e dificultando o acesso por parte de alguns artesãos. "Como o olho, que é aquela folha verdinha que eles colhem, é mais lucrativo se não for moído. Às vezes, só resta ele para que os artesãos adquiram o que torna o produto mais caro".

Segundo o biólogo Francisco Eli Araújo Briseno Vieira, a extração dos "olhos", ou seja, a folha mais nova da carnaúba, nunca pode ser total. "Numa árvore que tem em média de seis a oito olhos, sempre devem ser deixados três ou quatro, para que, dessa forma, a árvore não morra", explica. É do olho que é retirado o pó branco, que faz a cera mais clara", afirma.

Além disso, ele chama a atenção dos profissionais que realizam o corte da palha. Para o biólogo, o extrator ou vareiro, como é mais chamado, deve possuir habilidade e conhecimento a fim de que não corte a gema apical da planta, causando também a sua morte.

Ele fala também que, durante as ultimas décadas, o cultivo de carnaúba foi deixado de lado pelas famílias tradicionais, sendo que os carnaubais ainda presentes na região Norte do Estado hoje são explorados por rendeiros, que arrendam a terra para extrair a folha de carnaúba.

Referência
O historiador Osvaldo Aguiar diz que uma das famílias que se destacou com a produção de cera de carnaúba na região foi a Menezes, que possui uma fábrica. Até hoje, explica, o Distrito de Patriarca pode ser apontado como referência na produção de carnaúba, da cera e de artesanato baseado na palha. "Há uma comunidade que sobrevive principalmente da carnaubeira, fazendo bolsas, chapéus ou trabalhando na extração", fala.

Outro problema observado pelo historiador que contribui para a decadência do ciclo da carnaúba foi a chegada da planta ornamental nativa de Madagascar, conhecida como Boca de Leão, uma trepadeira que vem criando sérios prejuízos ao desenvolvimento da carnaúba e produção de cera. "Como hoje os carnaubais acabam indo para os rendeiros, alguns não possuem o cuidado de extrair essa trepadeira, que pode levar a carnaúba à morte. Os donos dos carnaubais, em que grande parte perdeu a tradição, não conhecem os perigos e prejuízos que essa planta causa", alerta.

Manuseio
"Os que retiram sua sobrevivência da carnaúba devem estar atentos as formas de manuseio corretas, já que como arvore nativa da região não há conflito dela com outras plantas ou mesmo animais", finaliza.

Para mudar esse quadro, o Instituto da Carnaúba realiza um trabalho de conscientização junto aos produtores e extratores, mostrando a eles as vantagens do manuseio correto da carnaubeira. Eles informam que o plantio é simples e pode ser feito em comunhão com outras plantas, como feijão e mandioca.

Segundo a diretoria do Instituto, há hoje uma linha de credito para os produtores, além de estarem previstos periódicos sobre a fauna e flora local, não apenas da carnaúba, com o objetivo de informar a comunidade acadêmica e também incentivar a prática na região.

Mais informações
Instituto Carnaúba
Rua Dr. João do Monte, 917
Centro - Sobral
CEP: 62.010-220
Fone/Fax: (88) 3611.8124

JÉSSYCA RODRIGUES
COLABORADORA 

Fonte: DN

domingo, 16 de setembro de 2012

PRIMEIRA PESQUISA REGISTRADA MOSTRA EMPATE TÉCNICO PARA PREFEITO DE SOBRAL


O Instituto Credibilidade realizou uma pesquisa registrada no município de Sobral, protocolada com o Número CE-00038/2012, com Data de registro: 05/09/2012. Conforme especificações técnicas do Instituto que realizou a pesquisa o intervalo de confiança é de 95% com margem de erro de 4,66%.
A pesquisa mostra empate técnico entre os candidatos Veveu e Dr. Guimarães, sendo que a rejeição do primeiro é de mais de 28%¨.
Em tempo: Por dever de justiça devemos informar que mesmo tendo a informação no dia em que o resultado foi repassado ao contratante. O Portal de Notícias de Senador Sá divulgou primeiro o resultado e aqui estamos reproduzindo.Clique nos gráficos para ampliar:



Ubaunense é assassinado em Fortaleza


Ubaunense é vítima de assassinato na Capital Fortaleza na tarde desta quarta-feira 12 de setembro de 2012. Joaquim Ferreira Lima, de 32 anos, mas conhecido como Kel, foi baleado e morto. Neste homicídio, os acusados praticaram o crime e fugiram em um carro branco. O corpo será velado na residência de seus pais no Distrito de Ubaúna.
Fonte: Portal Ubaúna

FLASHES DA ÚLTIMA NOVENA DE N. Sra. DA PIEDADE















FLASHES DA 8ª NOVENA



FLASHES DA 7ª NOVENA










quinta-feira, 13 de setembro de 2012

ESTÁ SAÍNDO HOJE O PAGAMENTO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO


Está sendo liberado hoje o pagamento dos Profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino referente aos vencimentos do mês de Agosto do corrente ano.

Maiores informações entre em contato com o Departamento Pessoal da Prefeitura Municipal de Coreaú ou procure a Agência do Banco do Brasil.

BANCADA FRACA E GOVERNO PUSILÂNIME!


  Continuar andando pra Coreaú por Itapipoca é prova provada de que temos uma bancada federal medíocre e um Governo do Estado bravateiro e sem prestígio em Brasília!

Nova pesquisa mostra que eleição está indefinida na Capital


Moroni Torgan tem 23% das intenções de voto e se mantém na liderança na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. Elmano de Freitas aparece com 19%, Roberto Cláudio com 18% e Heitor Férrer com 13%, Renato Roseno tem 7%, Inácio Arruda 6% e Marcos Cals 4%, diz o relatório do Ibope sobre a última pesquisa realizada em Fortaleza entre os dias 9 e 11 de setembro.

Os demais candidatos: Gonzaga (PSTU) e Professor Valdeci (PRTB) embora tenham sido citados não chegaram a pontuar. O candidato André Ramos (PPL), embora constasse na relação dos candidatos apresentada aos eleitores, não foi citado por nenhum dos entrevistados.

Apenas 20% dos eleitores se dizem muito interessados na campanha eleitoral deste ano. 28% responderam à indagação sobre o interesse pelas eleições deste ano dizendo ter interesse médio. Estão pouco interessado 29% dos entrevistas e 22% responderam não ter nenhum interesse até agora.

Foram ouvidos 364 eleitores do sexo masculino e 441 do sexo feminino, divididos em grupos quanto à idade e a escolaridade, tendo como fonte os dados das amostras do Censo 2010 e os dados do Tribunal Superior Eleitoral referentes ao eleitorado fortalezense de 2012.
Fonte: Diário do Nordeste